Publicada em: 22/04/2020 | 686 Visualizações

: Petrobras pode fechar 4 mil postos de empregos na Bahia, critica deputado







A decisão da Petrobras de “hibernar” os campos terrestres de produção de petróleo na Bahia e no Nordeste pode desempregar mais de 4 mil trabalhadores da região do litoral Norte, em Alagoinhas, além de São Sebastião do Passé, Candeias e Mata de São João.

 

Foi o que defendeu o deputado federal Joseildo Ramos em reunião virtual com diretores do Sindicato dos Petroleiros da Bahia e prefeitos nesta terça-feira (21). 

 

“É temerário que uma empresa pública do tamanho da Petrobras, que só na Bahia faturou R$ 2 bilhões, tome uma decisão dessa magnitude em plena pandemia do coronavírus quando já estamos com a economia fragilizada, com os municípios e estados perdendo arrecadação e o povo sofrendo. Não podemos admitir essa crueldade”, criticou. 

 

De acordo com o parlamentar, a decisão é mais um passo para transformar a Petrobras apenas em uma empresa de exploração. Na Bahia, a Fafen, fábrica de fertilizantes, já foi hibernada.



 



Bahia Noticias





santanaweb@riorealonline.com.br